Agenda 2030: falta de integração no planejamento e integração

Agenda 2030: falta de integração no planejamento e integração

Águas ML, Governança
A Agenda 2030 enfrenta diversas dificuldades em sua implementação. Primeiramente em um esvaziamento da capacidade de articulação política da ONU em diversas instâncias aos seus países membros, principalmente com relação a redução da emissão de GEE´s e problemas de imigração em massa (vide o posicionamento dos EUA e recentemente do Brasil na questão imigratória). Segundo, conforme abordado por CARVALHO e BARCELLOS (2017), a Agenda 2030 apresenta objetivos ambiciosos e fora da realidade quanto a clareza e execução das metas estabelecidas, além da carência de base de dados consolidadas e padronizadas entre os diversos países signatários da agenda. Indo além dos dois pontos anteriormente citados, a própria articulação para a implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e cumprime
Relato da reunião COPAM dia 11 de dezembro de 2018

Relato da reunião COPAM dia 11 de dezembro de 2018

COPAM, Gandarela, Geral Gandarela, mar de lama, reunião
Belo Horizonte, 11/12/2018 Reunião Copam por Ana Flávia Quintão Escrevo essas linhas para compartilhar o turbilhão de sentimentos que tive durante a reunião do Conselho Estadual de Política Ambiental (Copam) de Minas Gerais, com relação à Licença de Operação da Etapa 3 para o projeto Minas-Rio, da empresa Anglo American Minério de Ferro Brasil S.A. em Conceição do Mato Dentro e Alvorada de Minas/MG, além de projetos de ampliação e continuidade até 2032 da minas da Jangada (Minerações Brasileiras Reunidas S.A.) e do Córrego do Feijão (Vale S.A.). Diante da minha pequena trajetória no ativismo contra a mineração predatória em Minas Gerais, não me assustei ao ver algumas trabalhadoras e trabalhadores da Vale, uniformizados, presentes na reunião, certamente em seus horários de trab

APOIO A BRUMADINHO E ATINGIDOS DA VALE S.A.

#CPIdaMineraçãoJá, #NaoFoiAcidente, brumadinho, crime, Gandarela, mar de lama, mardelamanuncamais, vale nunca mais
MAR DE LAMA NUNCA MAIS !!! Movimentos sociais concentrados neste domingo (27/01) a partir das 10h na Praça da Liberdade em Belo Horizonte. Além do crime ambiental, muitas doações vão chegar, mas nenhuma dor estará eliminada. Poderia ser com qualquer um de nós. Por isso, se você está sensibilizado, junte-se aos movimentos socioambientais.  Por que ontem foi Mariana, hoje Brumadinho, quantos mais se Minas Gerais está repleta de cavas e minas?  Não adianta fazer apenas um assistencialismo momentâneo. Temos que dar um basta!  Não tem que relaxar licenciamento! Temos que aprender novas formas de viver sem tanta degradação.  Por isso, se você não sabe como atuar, una-se com quem já está nessa luta há mais tempo. VIDAS NÃO SÃO MERCADORIA! Pela instauração em caráter de urg
Trechos essenciais da reunião do COPAM em 11 de dezembro de 2018

Trechos essenciais da reunião do COPAM em 11 de dezembro de 2018

Gandarela, Uncategorized
Fala da Teca e do Fonasc quando da aprovação da ampliação da Mina de Feijão na Câmara de Atividades Minerárias em 11 de dezembro de 2018. “Então, é muito grave que o superintendente da Suppri insista em querer minimizar e desqualificar o que estamos tratando aqui hoje. Se for votado, quem votar vai estar votando o plano de continuidade envolvendo todas essas estruturas, algumas novas, algumas ampliações, algumas adequações de um porte muito grande. Três perguntas que eu faço para a Suppri para ficar registrado. Já que a Suppri não colocou nos seus Pareceres Únicos quem deu as ARTs, o nome das empresas, os números das ARTs de tudo que foi afirmado, a equipe da Suppri está atestando para esta Câmara e para a sociedade que está preocupada com isso? Está atestando: 1 – Que essa ampli
Crime e Mar de Lama em Brumadinho respinga na Grande BH

Crime e Mar de Lama em Brumadinho respinga na Grande BH

#ExtinctionRebellion, Águas ML, crime, CyOrgs, desastres, Geral, mar de lama, vale nunca mais
Texto de posicionamento coletivo produzido pelo Projeto Manuelzão sobre o rompimento das barragens de rejeito de minério em Brumadinho, nesta sexta-feira, 25 de janeiro Nesta sexta-feira (25), Minas Gerais tornou-se palco para mais uma tragédia anunciada: o rompimento de barragens de minério, em Brumadinho. De responsabilidade da Vale, os rejeitos das barragens atingiram a comunidade do Córrego do Feijão, e a lama deve chegar ao Rio Paraopeba, curso d’água onde há captação de água para o abastecimento da Grande Belo Horizonte. Após as águas passarem por Florestal e Juatuba, dentro de 48 horas, os rejeitos atingirão a represa do Paraopeba, situada no município de Pompéu, e quando a represa chegar ao seu nível máximo, as comportas serão abertas, e a lama pode chegar à Represa de Três Marias.

Mar de Lama respinga na Grande BH

Gandarela, mar de lama, vale nunca mais
Texto de posicionamento coletivo escrito pelo Projeto Manuelzão sobre o rompimento das barragens de rejeito de minério em Brumadinho, nesta sexta-feira, 25 de janeiro Nesta sexta-feira (25), Minas Gerais tornou-se palco para mais uma tragédia anunciada: o rompimento de barragens de minério, em Brumadinho. De responsabilidade da Vale, os rejeitos das barragens atingiram a comunidade do Córrego do Feijão, e a lama deve chegar ao Rio Paraopeba, curso d’água onde há captação de água para o abastecimento da Grande Belo Horizonte. Após as águas passarem por Florestal e Juatuba, dentro de 48 horas, os rejeitos atingirão a represa do Paraopeba, situada no município de Pompéu, e quando a represa chegar ao seu nível máximo, as comportas serão abertas, e a lama pode chegar à Represa de Três Ma

XII ENCA – Aldeia Holocósmica – MG

ENCA, fotografias, XII ENCA
  XII Encontro Nacional de Comunidades Alternativas, aconteceu em Pouso Alto, Minas Gerais, na Fazenda Holocósmica, em 1988. As fotos foram feitas por Chawki durante o evento e enviadas por ele para compartilhamento. Se você tiver informações sobre o evento e pessoas, por favor, contribua nos comentários do blog ou de cada foto, assim poderemos recuperar as informações sobre o evento. Ou envie para viviamaralsp@gmail.com . As imagens compartilhadas neste álbum estão sob o regime Creative Commons, licença Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual – CC BY-NC-SA: Essa licença permite que outros remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho para fins não comerciais, desde que atribuam o devido crédito e que licenciem as novas criações sob termos idênticos. Clique aqui e veja as fotos    
DAURH – Declaração Anual de Uso de Recursos Hídricos (jan/2019)

DAURH – Declaração Anual de Uso de Recursos Hídricos (jan/2019)

Agência Nacional de Águas
💧 Assim como os contribuintes precisam declarar sua renda anualmente, os usuários de recursos hídricos da União precisam declarar, durante o mês de janeiro, os volumes de água utilizados no ano anterior. 💰 Ao declararem seus usos, os usuários podem até mesmo pagar menos em bacias com rios de domínio da União que já tenham a cobrança pelo uso de recursos hídricos. São elas: Doce; Paraíba do Sul; Paranaíba; Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ); São Francisco; e Verde Grande. 📲 Para isso, é preciso preencher a Declaração Anual de Uso de Recursos Hídricos (DAURH) até 31 de janeiro, indicando os volumes captados e lançados em cada mês de 2018. Saiba como declarar: http://bit.ly/2CWubTF
Faixas de operação do Sistema Cantareira (jan/2019)

Faixas de operação do Sistema Cantareira (jan/2019)

Agência Nacional de Águas
Você conhece as 5 faixas de operação do #SistemaCantareira? Neste mês, o Cantareira está em Alerta (Faixa 3). A faixa do mês é estabelecida pelo nível dos reservatórios no último dia do mês anterior. Acompanhe a situação oficial nos boletins da ANA: http://bit.ly/2VN6xQD O #SistemaCantareira abastece 46% da população de São Paulo. Conheça a regra da ANA e Departamento de Águas e Energia Elétrica - DAEE criada para garantir o abastecimento em caso de #seca. http://bit.ly/2M587ZJ
A lua de gelo do Rio Presumpscot

A lua de gelo do Rio Presumpscot

Águas ML, ice disk, lua de gelo, maine, Modelagem, Rio Presumpscot
A cidade de Westbrook (Maine, EUA) entrou para o mapa do mundo das notícias com um interessante fenômeno no Rio Presumpscot, que atravessa uma cidade de aproximadamente 17 mil moradores. O disco de gelo, girando em sentido horário por algumas horas do dia, é super bonito, tanto quanto inexplicável. Conhecida na internet como Lua de Gelo do Maine, o disco giratório de aproximadamente 90 metros de diâmetro tem encantado as pessoas e mídias O Rio Presumpscot é responsável hoje pelo abastecimento de água potável de toda a Grande Portland. A origem do nome (Presumpscot) vem de culturas nativas, significando o rio de “muitas quedas”. Seus recursos energéticos e ambientais são importantes para o desenvolvimento socioeconômico da região desde priscas eras, muitas vezes conflituosas, foi palco do