abridor de portas

apoiei e sigo apoiando
rascunhos feitos em guardanapos
ppts com pouco lastro
e ideias mirabolantes

apesar do alto risco
e dos muitos furos nas propostas
quando o ‘santo bate’
as coisas caminham melhor

afinal
esse não seria o tal ‘venture’
tão em alta na atualidade?

perceber a direção dos ventos
e apostar em novas tendências
sem consultorias de grife

esse deveria ser o papel
das fundações

mas parece que não temos
conseguido ser a tão falada
‘inteligência social’

seria um mero erro de radar,
do operador por trás dele
ou da sua chefia?

apostar em coisas novas
e em terrenos com mato alto
nos traz algumas boas histórias

das que são pra deixar pra lá
(pessoas que depois de 15 min. de fama
não tem conhecem mais)

às que nos confirmam
que o rumo é este
(org. que em pouco tempo
são maiores e mais relevantes
que a nossa própria)

sigo dialogando com muita gente:
de pessoas da panela
a ilustres desconhecidos
de fora do eixo

e como há coisas interessantes por aí !

pena que tem faltado sandália da humildade
para muitos de nós

facas e queijos nas mãos
mas
interações possíveis
que ficam apenas na promessa

afinal
não há espaço na agenda
para irrelevantes

os irrelevantes de hoje
podem não ser os de amanhã

#impactonaencruzilhada

O post abridor de portas apareceu primeiro em Fábio Deboni.