entre cortinas e fumaças

muita gente da fantástica fábrica do impacto
celebrou a carta anual do CEO da Black Rock
pró ‘impacto’
https://lnkd.in/ezWdHQ5

mas poucos comentaram
o seu não posicionamento
na descarbonização da economia
https://lnkd.in/eQDBmWG

Muitos celebraram a 1ª saída (exit)
de um fundo em um negócio de impacto
no Brasil
https://lnkd.in/epwtngn

mas pouco se falou da
pós-saída
como anda o impacto?

Muitos comemoraram os 500 bi US$
para invest. impacto
https://lnkd.in/eJp9Hu3

mas poucos se perguntam
quem acessa este $

Muitos se empolgaram com
+ negócios de impacto
nos pipelines do setor

mas poucos questionaram
porque tão
baixa
diversidade
e
regionalidade

É assim que seguiremos
incensando a indústria do impacto
sem refletir
sobre suas contradições
e limites?

afinal
ela está a serviço de quem?

antes que os robôs me detonem

não acho que devemos
jogar a água do banho
com o bebê junto

só acho que há
narrativa bastante seletiva
e que
tem faltando
um pouco mais de Lado B
no setor

mas, como sempre,
isso não vem ao caso

#impactonaencruzilhada

O post entre cortinas e fumaças apareceu primeiro em Fábio Deboni.