cidades inteligentes para pessoas burras

bikes e patinetes compartilhados
e motoristas patetas revoltados
– culpa das ciclovias

despoluição dos rios da cidade
e cidadãos que pagam seus impostos
putos com as calçadas ‘sujas’ pelas árvores

um mundo de novos conteúdos
e telespectadores viciados
em tragédias cotidianas
boquinhas universitárias de garrafa
e correntes fake do zap

fotinha no vale do silício
e líderes ‘inspiradores’
que já foram uma vez de blindado
pra lá da ponte turistar na quebrada

problemas sociais são resolvidos
com soluções de mercado
e transformação digital
para todo o resto: Rota na rua
e balas de borracha de israel

inteligência artificial nas portarias
e a volta de doenças das antigas
– vacina contra sarampo causa autismo
o ‘especialista’ no grupo da família falou

um viva aos novos tratamentos inovadores
e cidadãos de bem
putos com vagas esgotadas
no cruzeiro de terraplanistas

um salve aos novos unicórnios
deixe seu joinha aqui e ajude a
erguer um muro pra proteger a cidade
da invasão imigrante

a era das cidades inteligentes
veio pra ficar
só faltou combinar com os cidadãos

#impactonaencruzilhada

O post cidades inteligentes para pessoas burras apareceu primeiro em Fábio Deboni.