cotoveladas do impacto

A nova entrante furou a bolha
e tentou conquistar um lugar ao sol
mas falhou ao não pedir benção
à patotinha

O novo capa de revista
vendeu um mundo de sonhos
mas não conseguiu provar
aos investidores
o eldorado prometido

A aceleradora furou os olhos dos parças
pra ganhar aquele novo projeto

fluxo de caixa
não aceita desaforo

A fundação aprendeu o caminho das pedras
e deixou pelo caminho
os precursores que outrora
capinaram o mato alto

cotoveladas pra cá e pra lá
na fantástica fábrica do impacto
que nem adianta pedir o VAR

quando os turistas do impacto
desembarcarem dos busões da cvc
como ficarão as abóboras
nesta carroça?

mas então
o que fazer?

trazermos as bolas divididas
para os palcos

fundações, governos, pessoas físicas
investirem mais a ‘fundo perdido’
e em apostas de longo prazo

empreendedores capas de revista
poderiam emprestar seu ‘prestígio’
aos ‘patinhos feios’

intermediários de fora do eixo
colocarem mais o pé na porta
pra fazer acontecer
sem contar com a ajuda
da ‘força nacional’

cotovelos a postos?

o demoday vai começar

#impactonaencruzilhada

O post cotoveladas do impacto apareceu primeiro em Fábio Deboni.