editorial

escrevo
logo insisto

escrevo porque
desisto

de manter ideias presas

elas
me escapam da cabeça
e
talvez ressoem em alguém
talvez não

ser-estar como escritor
sendo um agrônomo não-praticante
após ser um ET na área da saúde
é pra dar nó na zaga
do senso comum neural

ideias vem e vão
sem push notification
sem hora certa
e
merecem nosso respeito

por ideias errradas
muita cagada
a humanidade já fez
e
segue fazendo

por ideias fracas
seguimos batendo cabeça
em nosso dia a dia

licença poética
para um escritor*
de fora do eixo
que segue inspirando

“Preciso ser um outro
para ser eu mesmo”

*Mia Couto – Identidade

#impactonaencruzilhada

O post editorial apareceu primeiro em Fábio Deboni.